domingo, 29 de maio de 2011

Em boa atuação de Deco, Flu despacha time goiano por 1 a 0, com gol de Euzébio

Tentando apagar a péssima atuação na estreia do Campeonato Brasileiro, quando foi derrotado pelo São Paulo, em São Januário, por 2 a 0, o Fluminense foi a campo contra o Atlético-GO com duas modificações: Fred no lugar de He-Man e Valencia substituindo Diogo. Mas a maior das alterações não se tratava de um jogador específico. A mudança de atitude foi preponderante para a vitória tricolor por 1 a 0.

Em sua despedida do comando do time profissional, Enderson adotou um esquema sóbrio, com Deco e Conca na armação e Rodriguinho como opção de velocidade para o ataque, ao lado de Fred. A partida começou muito estudada, com as equipes esperando o melhor momento para investirem ofensivamente. De tanto estudo, o gol só poderia ter saído mesmo num lance de bola parada: aos 12 minutos, Deco cobra escanteio, Valencia desvia e, livre, Leandro Euzébio escora para dentro das redes.

A partir do gol, o duelo, que estava monótono, ganhou em movimentação. Deco se sobressaia com a inteligência costumeira, além dos lances de habilidade. Fred, por sua vez, segurava os zagueiros adversários, fazendo um bom papel de pivô, apesar da pouca efetividade das jogadas protagonizadas pelo camisa 9. Enquanto isso, Conca se destaca, não pela técnica, mas pela garra demonstrada a cada momento. Assim, o primeiro tempo se desenrolou sem muitos sustos.

Na etapa final, o Fluminense resolveu esperar o adversário, atraindo demais os goianos para o seu campo de defesa. O lado bom é que o setor defensivo fazia uma partida segura, anulando as tentativas do Atlético-GO. Deco continuou a ser nome do jogo, driblando, marcando, lançando. Bastante participativo. Já na meta, um susto: Berna espalma um chute aparentemente simples, nos pés do atacante adversário. No rebote, o Tricolor sofre o gol. Sem problemas. O atleticano estava em posição irregular.

Com 25 minutos da etapa final, Enderson resolve recuar, ainda mais, o clube das Laranjeiras, pondo Fernando Bob no lugar de Rodriguinho. Acuado, porém sem sofrer muito com as investidas, o Tricolor administrava a posse de bola. Aos 35, Enderson, tentando corrigir a primeira alteração, erra novamente. O comandante tirou em melhor em campo, Deco, para a entrada do menino Matheus Carvalho. No fim, quase o Flu é surpreendido por um chute de Marcão, que passou à esquerda de Berna. Ufa! Primeira vitória no Brasileirão. Que venha Cuca e o Cruzeiro!

3 comentários:

Rafaela Andrade disse...

O Flu precisa sacudir a poeira mesmo, e afastar essa onda de maré ruim.

Hoje eu vim convidar para as comemorações:

É festa no Apenas um Ponto esportivo: O blog se uniu ao Apenas um Ponto e está comemorando aniversário, participe das promoções!
1- Sorteio pelo Twitter em quem seguir o @apenasumponto do audiolivro - Danilo Gentili – Politicamente Incorreto - para download.
2- Sorteio pelo blog do livro Jogando Para Vencer - Col. Na Vida Como No Esporte

CALIGULA disse...

Buena recuperación del Flu!
Saludos porteños!

frank disse...

Hi, I came across your site and wasn’t able to get an email address to contact you. Would you please consider adding a link to my website on your page. We are happy to offer you a 10% discount to our Online Store if you do so. Please email me back and I would be happy to give you our link.

Thanks!

Frank
frank641w@gmail.com

Postar um comentário