quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Flu vence Cruzeiro e se aproxima dos lideres

No dia de seu milésimo jogo em Campeonatos Brasileiros, o Fluminense conseguiu, pela primeira vez na atual edição, vencer três vezes seguidas. A vítima da vez foi o Cruzeiro, nesta quarta-feira, no Parque do Sabiá. Fred e Marquinho fizeram os gols do triunfo por 2 a 1. Montillo descontou.


Mesmo fora de casa, o Fluminense apresentou desde o início do jogo uma postura louvável. Com a opção de Abel Braga por entrar com Rodrigo entre os titulares, a equipe ganhou muito na saída da bola. Além dele, Mariano, pela direita, carregava o time ao ataque. Lanzini, no entanto, demorou a entrar no jogo.

Apesar da atuação apagada de seu principal meia, o Tricolor comandava as ações da partida e foi criando chances. Rodrigo, em chute defendido por Fábio, e Lanzini, batendo para fora da entrada da área foram os primeiros a ameaçar. Fred, como referência, vinha bem e sofreu dois pênaltis, mas só um foi marcado. Ele mesmo bateu e abriu o marcador.

Durante quase todo o primeiro tempo, o Fluminense conseguiu marcar de perto Montillo e o Cruzeiro não conseguia criar chances. Diego Cavalieri não precisou fazer nem sequer uma defesa antes do intervalo. Os lances mais perigosos do time adversário foram em um chute de longe de Charles que passou para fora e numa falta da entrada da área mal executada por Montillo.

Na volta para a segunda etapa, o técnico adversário Emerson Ávila fez duas mudanças e, na principal delas, colocou o ex-tricolor Roger, mudando a característica da partida. O Cruzeiro passou a ter uma melhor articulação nas jogadas e, consequentemente, a dominar as ações ofensivas. No entanto, não era efetivo.

Na base do contra-ataque, o Fluminense conseguiu chegar ao segundo. Num lance em que Fred perdeu cara a cara com Fábio, a bola sobrou para Mariano e o lateral fez belo cruzamento para Marquinho finalizar com categoria por cima do goleiro cruzeirense. Aí parecia que tudo ficaria tranquilo. Mas só parecia. Carlinhos, displicente, resolveu sair jogando pelo meio da defesa e foi desarmado. Montillo aproveitou, livrou-se da marcação e bateu com força no canto para descontar e reacender as expectativas da Raposa.

A partir daí, o Cruzeiro se lançou mais ainda atrás do empate. O Tricolor se fechou para segurar a vantagem. Os últimos minutos foram de tensão, mas o Fluminense conseguiu manter a vitória na base da vontade.

2 comentários:

Cleber Soares disse...

Luciano,
agora o tricolor precisa manter o ritmo, coisa que não fez até agora, ainda não joga aquele futebol, mas conseguir uma sequência de vitórias é importante para atingir o bom futebol.

BLOG DO CLEBER SOARES
www.clebrsoares.blogspot.com

Anderson Castelo Branco disse...

Ola, parabéns pelo Blog muito bom, gostaria de fazer parceria, o meu Blog tem como objetivo principal reunir em um só lugar conteúdos de qualidade que são publicados diariamente na blogosfera.
não postamos conteudos pornograficos, racistas ou de carater duvidoso.
Já coloquei o seu banner na página inicial, aguardo você por meu Banner.
atenciosamente - Anderson, segue abaixo o link do meu Blog
http://linksbrasilnet.blogspot.com

Postar um comentário