domingo, 7 de novembro de 2010

Flu vence Vasco com gol aos 3 minutos e retoma a liderança

O Fluminense entrou em campo pressionado para o duelo importantíssimo contra o Vasco da Gama. Isso porque os seus principais concorrentes na luta pelo título, Corinthians e Cruzeiro, haviam vencido seus respectivos duelos. Mas, meu amigo, sabendo que dependia apenas de si para manter a ponta, e em noite inspirada do TARTÁ, o Tricolor despachou os comandados de PC Gusmão por 1 a 0

Vaput-Vupt. A emoção não demorou muito para dar as caras no Estádio João Havelange. Com um minuto de jogo, Nunes, que mais parece um poste, perdeu boa chance de gol. A resposta tricolor veio rápida, aos três. Numa jogada iniciada por Tartá, Washington cortou para a perna direita e chutou prensado. A redondinha chegou venenosa e Fernando Prass, para a tristeza dos que endeusam tal padeiro, espalmou. No rebate, a tartaruginha galopante abriu o placar para o Fluzão.

Muricy, num gesto silencioso de humildade, mostrou, novamente, o porquê de ser considerado o melhor treinador do Brasil. Escalando Tartá ao lado de Washington, no ataque, o técnico neutralizou um dos pontos fortes do grupo da Colina – talvez o único: Fagner. Minto. Numa espécie de revezamento “dois por um”, Bob e Valencia cuidavam de Felipe.

Na segunda etapa, com a vantagem no placar, o Tricolor recuou. Aos 11 minutos, Berna, bem posicionado, fez grande defesa, espalmando a bola para escanteio, após chute, na entrada da área, de Jonathan. Em outros momentos, o arqueiro do Flu esbanjou segurança. Os comandados de Muricy pareciam esperar por uma brecha para contra-atacar. Numa dessas oportunidades, quase que Xitão sai do jejum. Mariano cruzou e por questão de milésimos de segundo, o atacante não escorou para o gol.

Muita emoção ao final da partida. Teve até bola na trave do Vasco. Próximo do último lance, o santo argentino Conca deu aquelas arrancadas maradonianas e disse assim, sem falar nada: “Vai que é tua, Washington”. Surdo, o nosso gigante não ouviu e demorou muito para chutar, sem goleiro. Dane-se! O importante é que no fim, veio o triunfo! Líder isolado! Que venha o Goiás.

Fluminense: Ricardo Berna, Mariano, Leandro Euzébio, Gum e Carlinhos; Valencia, Fernando Bob, Marquinho (Julio César) e Conca; Tartá (Thiaguinho) e Washington.

3 comentários:

Giovani Mattiollo disse...

que bom que o Flu venceu, assim não deixou a bosta do Corinthians em 1º.

Estou torcendo por Flu e Cruzeiro! qlqr um menos o Corinthians!

http://gremista-sangueazul.blogspot.com/

Ron Groo disse...

Vai Flu, vai!
Corinthians e Cruzeiro empatarão na próxima rodada e o caminho estará mais aberto.

spemmig disse...

Grande Luciano!
Dá uma olhada neste post do São-Paulinos em Minas Gerais. Acho que você vai gostar:
http://spemmg.blogspot.com/2010/11/algumas-razaoes-para-torcer-pelo-flu.html
Saudações Tricolores,
Clayton

Postar um comentário